História De Um Casamento | Por que assistir?

História De Um Casamento | Melhores de 2019
Caneca para Presente

Recentemente a Netflix lançou em sua plataforma um filme estrelado por Adam Driver e Scarlett Johansson. Sim, eu estou falando de História de Um Casamento. O filme foi exibido em alguns festivais e cinemas selecionados, para,que pudesse concorrer às grandes premiações. E pelo visto deu certo. Só no Globo de Ouro, ele recebeu seis indicações: Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Roteiro Original, Melhor Filme Dramático e Melhor Trilha Sonora Original. E adivinha só? Eu assisti ao filme e não estou aqui para contar o que eu achei. (Quê?) Isso não é uma crítica, mas, sim, uma indicação. O filme merece ser assistido por diversos motivos. Mas decidi elencar alguns aqui. Então, vamos lá?

Sinopse e Trailer

Para começar, confira a seguir a sinopse oficial do filme e seu trailer:

“Nicole (Scarlett Johansson) e seu marido Charlie (Adam Driver) estão passando por muitos problemas e decidem se divorciar. Os dois concordam em não contratar advogados para tratar do divórcio, mas Nicole muda de ideia após receber a indicação de Nora Fanshaw (Laura Dern), especialista no assunto.”

Mas por que assistir História De Um Casamento?

História De Um Casamento

O filme é real

O primeiro grande motivo que eu te trago para assistir História De Um Casamento é o fato dele ser muito real. Não sobre ser baseado em fatos reais em si, mas em ser algo muito realístico. Quantas pessoas já não viveram a situação de um divórcio? Ou acompanhou o divórcio de amigos ou familiares? Quantos por aí não viram um lindo e longo relacionamento terminar? Pois é, é exatamente sobre esses momentos que o filme fala.

Além disso, ele consegue ser sensível o suficiente para não culpar nenhum dos lados da relação. O que é super compreensível, pois nem sempre existe um culpado no fim de um relacionamento. Às vezes as coisas apenas não deram certo. E o fato do filme trazer esse aspecto do cotidiano de forma tão sensível e realista nos insere na narrativa de tal forma que assumimos as dores das partes para nós. Simplesmente intenso!

Scarlett e Adam

Este motivo são os dois atores protagonistas. Todos nós já somos apaixonados por esses dois. Adam nos conquistou em diversos filmes, sobretudo como Kylo Ren em Star Wars. E Scarlett Johansson dispensa apresentações, nossa eterna Viúva Negra. Aqui seus papéis são muito mais fortes e intensos. É muito difícil exprimir com tanta fidelidade as sensações vividas por um casal em crise. E os dois conseguem nos passar muito bem a dor que sentem, a tristeza, a raiva.

Para mim, o ponto alto da atuação de ambos é em uma cena em que os dois personagens estão discutindo a sós e simplesmente explodem. A direção, é claro, ajuda bastante, tirando a trilha sonora e deixando os atores fazerem suas funções. Mas, nossa, que cena intensa que me deixou vidrado, tenso, nervoso, até o fim, quando os ânimos acalmam e os dois caem em si.

A criança, os advogados e familiares

Por fim, gostaria de falar de todos os personagens que estão à parte da situação, mas, ao mesmo tempo, muito presentes. Desde a fofura do filho do casal, até a grande briga travada entre os advogados de ambos. Todos estão maravilhosamente bem inseridos na trama. Conseguimos sentir raiva dos advogados, nos apaixonamos pela criança, rimos dos familiares da Nicole e dos amigos do Charlie. Todos esses personagens auxiliam a história a seguir e melhoram ainda mais todo o contexto que o casal está vivendo.

Então, por esses motivos, e mais vários, eu indico aqui o filme História De Um Casamento. Este que poderia ser chamado até mesmo de História de Vários Casamentos, por ser algo tão comum no mundo e por retratar tão bem.

Mas e você? Já assistiu História De Um Casamento? Pretende assistir depois da indicação? Então comenta! E quando assistir, fala sua opinião aí embaixo! 😀

Lucas Gabriel

Estudante de Tecnologia da Informação, apaixonado por cinema, música e boas histórias de terror e drama! Adora discutir teorias malucas sobre séries ou filmes. Nerd assumido desde pequeno. Fã do Quentin Tarantino (inclusive acredita na teoria de que todos os filmes formam um só), Star Wars, Harry Potter, FRIENDS e filmes, como Laranja Mecânica, Donnie Darko e Nosferatu.