Morto Não Fala – Por que assistir?

Morto Não Fala
Canecas para Presente

Morto Não Fala é um filme de terror brasileiro dirigido por Dennison Ramalho. O filme foi lançado primeiramente no exterior e, há uma semana, aqui no Brasil. A intenção de lançar primeiro no exterior e nos festivais é o fato da falta de valorização das obras nacionais. Então, para criar um “nome” para a produção, os idealizadores enviam os filmes para festivais e, caso sejam elogiados, eles são lançados nos cinemas brasileiros. Possivelmente falarei com mais detalhes sobre isso em breve. Mas hoje falemos do fantástico Morto Não Fala. Não tenho visto muita gente comentando do filme e, portanto, a ideia deste post não é fazer uma crítica. A intenção é instigar você, caro leitor, a procurar assistir ao filme. Então vamos lá!

Por que assistir Morto Não Fala?

Morto Não Fala

  • Sinopse e Trailer

“Plantonista de um necrotério, Stênio (Daniel de Oliveira) possui um dom paranormal de se comunicar com os mortos. Trabalhando a noite, ele já está acostumado a ouvir relatos do além. Porém, quando essas conversas revelam segredos sobre sua própria vida, o homem ativa uma maldição perigosa para si e todos a sua volta.”

  • Enredo

Como você pôde ler na sinopse, o longa possui uma premissa bem simples: Stênio possui a habilidade de falar com os mortos. A partir disso, ele acaba descobrindo segredos daqueles que vão para o IML e, em determinado momento, faz uso disso para se autobeneficiar. Apesar de simples, a ideia é bastante interessante e cria uma atmosfera bastante macabra, partindo do ponto de vista que os mortos são personagens concretos da história.

Morto Não Fala

A história é baseada no conto de terror escrito em 2004 por Marco de Castro. Este ainda está disponível na internet e você pode lê-lo com facilidade clicando aqui. O conto explica como Stênio conseguiu esta “habilidade”, coisa que o longa não faz. Contudo, no filme isso se torna irrelevante. Além disso, o final do conto é apenas o meio do filme, e ainda é um pouco diferente com o que é mostrado em tela. Então vale a pena ler e assistir!

  • Elenco e Direção

O segundo ponto muito importante que pode te motivar a assistir Morto Não Fala é o elenco. Isso porque tanto o Daniel de Oliveira quanto a Bianca Comparato estão simplesmente fantásticos no filme. Daniel, vivendo Stênio, demonstra claramente um cara perturbado pelas coisas que passou e pelos tormentos que estão em sua vida atualmente. Em determinados pontos do filme, a atuação dele é tão profunda que, aliada ao roteiro, nos cria o questionamento “é tudo real ou ele só está louco mesmo?”. Enquanto a Bianca Comparato dá um show de atuação como a doce e santa Lara. Mas o auge de sua atuação é próxima ao final (sem spoilers), quando as cenas exigem muito mais de sua atuação.

Morto Não Fala

E, é claro, a direção de Dennison Ramalho dá um show ao criar planos fechados que nos deixam absolutamente claustrofóbicos. Nos momentos em que os mortos falam, a opção de utilizar CGI pode não ter sido uma boa ideia. Contudo, ajuda a dar uma estranheza maior na forma com a qual os cadáveres falam. Afinal de contas, se fosse algo mais normalmente, poderia parecer que estão vivos.

Enfim… evitei falar muito sobre o filme aqui, pois não queria dar muitos spoilers do que acontece com Stênio. Mas, caso você queira um post falando do filme COM spoilers, é só comentar!

Mas e você? Já assistiu ao filme Morto Não Fala? Curtiu o filme? E, se não viu, ficou com vontade de ver? Então comenta! 😀
Lucas Gabriel

Estudante de Tecnologia da Informação, apaixonado por cinema, música e boas histórias de terror e drama! Adora discutir teorias malucas sobre séries ou filmes. Nerd assumido desde pequeno. Fã do Quentin Tarantino (inclusive acredita na teoria de que todos os filmes formam um só), Star Wars, Harry Potter, FRIENDS e filmes, como Laranja Mecânica, Donnie Darko e Nosferatu.