Sharon Tate – Você conhece a história real?

Sharon Tate
Canecas para Presente

Era Uma Vez Em… Hollywood estreou nesta semana, mais precisamente no dia 15 de agosto. O filme é fantástico e, se você quiser saber mais sobre o que achamos dele, clique aqui. Pois bem, desde toda a publicidade em cima do filme, existe uma figura que recebeu muito destaque: Sharon Tate. No longa, ela é interpretada por Margot Robbie. Mas se você não conhece muito sobre a Sharon pode acabar achando a personagem muito jogada no filme. Isto porque, como dito em minha crítica, a personagem não é desenvolvida pela narrativa. Então, vamos falar um pouco sobre quem foi Sharon Tate e porque sua imagem é tão importante para a história do cinema.

Quem foi Sharon Tate?

Sharon Tate foi uma das atrizes e modelos mais influentes dos anos 60. Sua história, desde muito pequena, sempre teve como foco sua beleza inigualável. Tanto é que, desde bebê ela ganhou diversos concursos de beleza. Em sua adolescência, estudou na Itália e teve a oportunidade de estar, como figurante, no filme Adventures of a Young Man. Sua beleza surpreendeu um dos atores, que por meio de alguns contatos levou ela para outras produções. E foi assim que tudo começou, de contato em contato, a carreira de Sharon era escrita.

Mas tudo mudou quando ela, enquanto namorava o americano Jay Sebring, ela conheceu o renomado diretor Roman Polanski. Entretanto, na época ele não era tão conhecido e estava prestes a dirigir seu primeiro filme. Foi assim que ela conseguiu o papel protagonista do filme Dança dos Vampiros.

Sharon Tate e Polanski, em meio a brigas, se apaixonaram. A relação dos dois era tão difícil e o diretor era tão controlador que fez a atriz refilmar 100 vezes a mesma cena, apenas para consertar pequenos erros.

Mas, como dito anteriormente, Sharon estava com Jay Sebring, e quando estourou a notícia que ela estaria tendo um caso com Polanski, ela ligou para seu namorado e terminou com ele. Então, ela manteve sua relação com Polanski.

Sharon Tate

Em 1967 ela participou de Não Faça Onda e O Vale das Bonecas. Neste ano ela ganhou sua primeira indicação ao Globo de Ouro e o título de musa do cinema.

Como eu já disse, a beleza de Sharon foi o que movimentou boa parte e sua vida. Entretanto, ela detestava a ideia de ser lembrada apenas como a esposa bonita de um grande cineasta. Ela queria mais. E passou a recusar diversos convites para filmes. A atriz queria fazer um filme com profundidade e camadas, e pretendia seguir isto na década de 70, mas…

A Tragédia

No ano de 1968, a atriz casou-se com o diretor Polanski e engravidou dele. Sim, as brigas e o comportamento agressivo do cineasta ainda aconteciam. Ela protagonizou mais dois filmes, apenas para seguir contrato. Mas o plano de Sharon era dar uma pausa na carreira, para, então, ressurgir. O problema é que… esta pausa jamais iria acabar.

No ano seguinte, 1969, na madrugada de 8 para 9 de agosto, Sharon teve visitas inesperadas. Ela estava em sua casa junta de outros três amigos, quando três homens e uma mulher invadiram a residência. Eles eram, nada mais nada menos, do que parte da seguidores de Charles Manson.

Damon Herriman

Durante a noite do dia 8, Manson teria ordenado sua família matar  pessoas que estivessem em alta em Hollywood. E foi isso que fizeram. Interessante citar que todos os membros e seguidores de Manson escreveram “Helter Skelter”, música dos Beatles que Charles adorava.

A casa de Sharon foi invadida por  Tex Watson, Susan Atkins, Linda Kasabian e Patricia Krenwinkel, seguidores de Mason. A atriz estava acompanhada de seu ex-namorado Jay Sebring, Abigail Folger e Voytek Frykovsky. E foi então que Tate, aos 26 anos, e Jay foram mortos a facadas e enforcados.

A Repercussão

O mundo recebeu a notícia com pavor. Hollywood teve todos os estoques de lojas de armas esgotados. As pessoas estavam desesperadas, ninguém sabia quem seriam as próximas vítimas. A polícia investigava, mas não tinha noção de quem poderia ter feito isto. Apenas algum tempo depois, quando Manson e seus seguidores realizaram outra onda de assassinatos, que as peças se encaixaram e ele foi preso.

Conclusão

E é devido a esta enorme tragédia, que marcou a história de Hollywood, que Sharon Tate virou um símbolo do cinema mundial. E é por isto que ela foi escolhida para rondar o filme de Quentin Tarantino. O cineasta não queria contar sua trágica história. Mas sim, mostrar como ela vivia. Como era a atriz em si, mostrar ao público mais um pouco sobre quem era Sharon em seu cotidiano.

Mas e você? Já conhecia a história de Sharon Tate? Gostou de saber mais sobre ela? Então comenta aí! Pois queremos saber 😀

Lucas Gabriel

Estudante de Tecnologia da Informação, apaixonado por cinema, música e boas histórias de terror e drama! Adora discutir teorias malucas sobre séries ou filmes. Nerd assumido desde pequeno. Fã do Quentin Tarantino (inclusive acredita na teoria de que todos os filmes formam um só), Star Wars, Harry Potter, FRIENDS e filmes, como Laranja Mecânica, Donnie Darko e Nosferatu.