Guillermo del Toro fala de Scary Stories to Tell in the Dark

Guillermo del Toro

Guillermo del Toro já nos presenteou com grandes e incríveis filmes. Dentre eles é possível citar O Labirinto do Fauno, A Forma da Água, Círculo de Fogo, entre outros. Mas é inegável que o talento do homem é com o terror. E, por isso, não nos surpreende ao estar envolvido no filme Scary Stories to Tell in the Dark. O longa está de arrepiar ao que tudo indica e acaba de ganhar seu primeiro trailer, AS-SUS-TA-DOR. Mas agora Guillermo del Toro falou mais um pouco sobre o filme.

Eis o que ele disse sobre os contos selecionados:

“Fizemos uma espécie de American Idol’ com as histórias na sala de roteiristas. Ficávamos nos perguntando, ‘Qual é o seu favorito?’. A partir disso, destilamos cinco ou seis contos que mais gostamos. Alguns deles foram recontados em sua completude, outros apenas entram como referência. Aqueles que conhecemos os livros irão enxergar para além dos que não os leram… Mas basicamente pegamos aqueles dos quais o público mais se lembra.”

O filme adapta uma série de livros infanto-juvenis da autora Alvin Schwartz. Scary Stories to Tell in The Dark possui três livros lançados e trata-se de uma coletânea de contos de terror inspirados pelas lendas urbanas dos Estados Unidos e do folclore europeu.

A história do filme girará em torno de uma adolescente cuja mãe desapareceu estranhamente durante o Halloween. Alguns anos passaram-se e a garota acaba se envolvendo em uma pegadinha que dá muito errado, também no Halloween. Devido a isto, ela passa a suspeitar de que forças sobrenaturais estejam por trás dos dois ocorridos.

O longa estreia em agosto nos Estados Unidos, mas não tem data de lançamento brasileiro.

Mas o que você achou da declaração de Guillermo? O que espera do filme? Comenta! 😀
Lucas Gabriel

Estudante de Tecnologia da Informação, apaixonado por cinema, música e boas histórias de terror e drama! Adora discutir teorias malucas sobre séries ou filmes. Nerd assumido desde pequeno. Fã do Quentin Tarantino (inclusive acredita na teoria de que todos os filmes formam um só), Star Wars, Harry Potter, FRIENDS e filmes, como Laranja Mecânica, Donnie Darko e Nosferatu.