Fibrose cística: Saiba mais sobre a doença de A Cinco Passos de Você

Há alguns dias estreou nos cinemas de todo o Brasil o mais novo filme de Haley Lu Richardson e Cole Sprouse chamado A Cinco Passos de Você baseado no livro homônimo que foi Best Seller do The New York Times.

O filme narra a história de uma jovem chamada Stella Grant que possui fibrose cística e que passa muito tempo no hospital durante tratamentos e acompanhamentos médicos. Certo dia um novo residente chega ao hospital, ele se chama Will Newman e também possui fibrose cística com um atenuante, sua bactéria pode impossibilitar que Stella receba seu transplante de pulmão.

O filme é lindo e apesar de ter sido considerado pela crítica um grande clichê, o cinema precisa de histórias assim que nos mostrem o quanto temos sorte por termos saúde e podermos viver nossos grandes amores, conhecer lindos lugares e, principalmente, tocar e ficar próximo um do outro. Pensando um pouco neste belo longa-metragem dirigido pelo estreante Justin Baldoni decidi hoje trazer algumas informações sobre esta grave doença. Vamos lá?

O que é fibrose cística?

Também chamada de mucoviscidose, esta é uma doença genética transmitida através de um gene defeituoso quem do pai e da mãe mesmo que a mesma não se manifeste. Esse gene causa alterações no transporte de íons através das membranas celulares, o que faz o funcionamento das glândulas exócrinas serem defeituosos, assim liberando substâncias mais espessas e de difícil eliminação. Essas substâncias são suor, muco ou ainda enzimas pancreáticas.

Quais os sintomas?

Os sintomas variam de pessoa para pessoa, tudo depende de onde o excesso de substâncias estão sendo liberadas. Caso haja secreção espessa nos ductos pancreáticos, o paciente acaba tendo obstrução neste local assim causando má absorção de nutrientes. O paciente também não consegue ganhar peso, evacua mais vezes durante o dia e suas fezes são volumosas, gordurosas e com forte odor. Essa obstrução também pode afetar os ductos biliares, o que acaba tornando a pessoa mais suscetível a inflamações.

Como vimos no filme, é no aparelho respiratório que a doença se manifesta com maior gravidade. Neste caso o pulmão produz espessos mucos que ficam presos nas vias aéreas e que tentem a ser invadidos por bactérias. Diversos outros sintomas também surgem disso como secreção produtiva, pneumonia de repetição, bronquite crônica.

Por último, a doença pode se manifestar nas glândulas sudoríparas, o que compromete a reabsorção de cloro. Esses níveis aumentados fazem o corpo reter mais água e sódio, o que deixa o suor bastante salgado. Mulheres com fibrose cística dificilmente conseguem engravidar já que seu muco cervical é bem mais espesso e faz com que os espermatozoides não consigam passar, enquanto isso 98% dos homens com a doença são estéreis, entretanto isso não modifica seu desempenho sexual.

Tratamento

Para tratar a fibrose cística é preciso ter um acompanhamento multidisciplinar que possua pneumologista, endocrinologista, gastroenterologista, geneticista, fisioterapeuta, nutricionista e diversas outras áreas dependendo das complicações da doença. A principal preocupação que um paciente da fibrose precisa ter é com sua reidratação e reposição de sódio. Além disso, é preciso ter uma boa nutrição rica em calorias e sem restrição de gorduras. Diversos medicamentos também são necessários:

– Suplementos de enzimas pancreáticas
– Reposição de vitaminas lipossolúveis como A, D, E e K
– Soro fisiológico, broncodilatadores e mucolíticos devem ser inalados diariamente, conforme prescrição
– Antibióticos para casos graves

Também é preciso ter acompanhamento fisioterápico sempre para facilitar a higiene dos pulmões e evitar infecções. Em casos mais leves, o paciente pode viver uma vida tranquila e de boa qualidade, isto porque os tratamentos evoluíram bastante nos últimos anos. Entretanto, casos mais graves precisam de maior atenção, como foi o caso de Stella e Will no filme.

Você conhecia alguma coisa sobre a Fibrose Cística? Comente!

Amanda Canabarro

Sempre adorei ler e escrever desde pequena, tendo toda a franquia do Harry Potter em meu currículo antes dos 14 anos. Hoje, estudo Relações Públicas, escrevo, tenho uma empresa, um canal no YouTube de mistérios e sou viciada em filmes e séries, o que acaba complicando as funções anteriores... :D