John Ottman admite erros em Bohemian Rhapsody

Bohemian Rhapsody

O Oscar 2019 já passou, mas ainda deixa grandes discussões acontecerem. Dentre elas, a grande polêmica do prêmio de Melhor Montagem. Muita gente discordou completamente da vitória de Bohemian Rhapsody nesta categoria. Isso porque, em diversos momentos do filme, a edição/montagem ficou muito confusa, atrapalhada e se perdia. Mas se você acha que só haters criticaram este aspecto do filme, está errado. Isso porque o próprio editor do longa, John Ottman afirmou não ter ficado muito agradado com o resultado final do longa.

Em específico, uma cena do filme viralizou na internet mostrando como a montagem de Bohemian não merecia o Oscar. O momento em questão é quando a banda conhece o produtor John Reid. Existem muitos cortes de câmera em momentos completamente desnecessários, chegando a enjoar alguns espectadores. É uma montagem muito acelerada para uma cena de conversa. Confira:

Encontro do Queen com John Reid

Durante a entrevista ao Washington Post, John Ottman falou sobre esta cena: “Sempre que eu revejo essa cena, quero colocar um saco na minha cabeça. Essa não é a minha estética. Se um dia existir uma versão estendida do filme, na qual eu possa trabalhar em algumas cenas novamente, com certeza vou mexer nessa.”

Tudo indica que todos esses problemas foram devidos aos problemas durante a produção do longa. Com o abandono de Bryan Singer, Dexter Fletcher, ao assumir, decidiu focar o filme nos primeiros anos do Queen. Sendo assim, Ottman tornou as cenas do primeiro ato do filme mais longas. Contudo, isso o impediu de trabalhar melhor na cena do Queen com Reid.

Além disso, Ottman passou muitas semanas montando a sequência do show Live Aid do filme.

“Não importa o quão bom o filme tinha sido até aquele ponto. Se o festival não funcionasse, tudo ia por água abaixo”, explicou Ottman. “Tinha que ser uma sequência exaustiva, de um jeito bom. Não podíamos dar a sensação de que estávamos cortando algo do público. Se o público percebesse os cortes, não seria a experiência que foi”

O editor de Coração de Dragon elogiou, ainda assim, o trabalho de John. “John impediu que esse filme uma bagunça completa, algo que aconteceria nas mãos de um editor menos talentoso do que ele.”, disse ele.

Mas qual a sua opinião sobre isto? Os erros são justificáveis? Você acha que o filme merecia vencer Melhor Montagem? Comente!
Lucas Gabriel

Estudante de Tecnologia da Informação, apaixonado por cinema, música e boas histórias de terror e drama! Adora discutir teorias malucas sobre séries ou filmes. Nerd assumido desde pequeno. Fã do Quentin Tarantino (inclusive acredita na teoria de que todos os filmes formam um só), Star Wars, Harry Potter, FRIENDS e filmes, como Laranja Mecânica, Donnie Darko e Nosferatu.