Desventuras em Série: As Melhores Curiosidades

A inventora, o leitor e a mordedora. Se você conhece Desventuras em Série, provavelmente já entendeu do que estamos falando aqui. Violet, Klaus e Sunny são os três órfãos Baudelaire que passam por maus bocados depois da morte de seus país. Com um ‘tio’ louco que está atrás da fortuna da família, eles passam de tutor em tutor a procura de um que fique vivo após receber as crianças em sua residência (e não seja o próprio Olaf). “Misteriosamente”, o Conde Olaf sempre está por perto quando os tutores morrem. Ora essa, que coincidência, não? A verdade é que, hoje em dia, é quase impossível encontrar alguém que não tenha ouvido falar da série de 13 livros escritas por Lemony Snicket entre os anos de 1999 e 2006. Os jovens Baudelaire e sua sequencia de infortúnios continuam cativando corações até os dias de hoje.

A última temporada da adaptação feita pela Netflix acabou de ganhar as primeiras imagens de divulgação e, pensando nisso, o Minha Série Favorita decidiu relembrar um pouco sobre os livros e suas adaptações. Confira, logo abaixo, algumas das melhores curiosidades sobre uma das mais queridas produções de todos os tempos!

As Melhores Curiosidades Sobre Desventuras em Série

Sobre o livro

  • Todos sabem que Lemony Snicket é o escritor da série de livros, mas você sabe seu verdadeiro nome? Trata-se de Daniel Handler, isso não é segredo para ninguém. O autor começou a utilizar o pseudonimia de Lemony enquanto pesquisava sobre organizações de extrema-direita. O motivo para isso era bem simples na verdade, ele não queria se expôr. Depois de um tempo, as coisas começaram a ficar mais sérias e Lemony ganhou reconhecimento. Foram impressos cartões de visita, encomendadas de pizzas e seus amigos até criaram um coquetel chamado “Lemony Snicket”.
  • Snicket não tinha o menor interesse em livros infantis. Para ele, livros para crianças eram cheios de fantasia, logo, ele não queria escrever um. Seus editores o aconselharam a tentar e assim ele fez. Mas os livros não foram bem aceitos a principio, embora, hoje em dia, sejam quase considerados clássicos.

  • E, por falar nisso, o filho do escritor tinha medo dos filhos e costumava se recusar a lê-los. Não podemos afirmar que ele não tenha lido até os dias de hoje, mas é fato que ele não gostava nem um pouco de ouvir sobre os castigos que eram impostos aos órfãos Baudelaire.
  • Os livros foram escritos com uma dedicatória para “Beatriz”, um antigo amor do autor. Ele escolheu esse nome para representar sua querida por causa do poema “La Beatrice” e a Beatrice do escritor Dante, que o ajudou a escrever a Divina Comédia.
  • Os três protagonistas da série literária foram baseados em uma só pessoa, o poeta francês Charles Baudelaire que viveu no século XIX. Sua vida foi extremamente sombria, ele foi processado por obscenidade e acusado de blasfêmia. Além disso, teve diversos problemas de saúde e se envolveu com drogas, como o ópio.

Sobre as Adaptações

  • A cada dois episódios da série, um livro é adaptado. Por exemplo, na primeira temporada temos os livros: “Mal Começo”, “Sala dos Répteis”, “O Lago das Sanguessugas” e “Serraria Baixo-Astral”.
  • Patrick Warburton, interprete de Lemony no seriado, não fez nenhum teste para conseguir o papel. Segundo o ator, ele recebeu uma mensagem de texto do produtor-executivo da série, Barry Sonnenfeld, convidando-o para participar do elenco. Em tom de brincadeira, Patrick disse, em entrevista o BuzzFeed, que se tivesse feito um teste, provavelmente não teria conseguido o papel.
  • E por falar em Barry Sonnenfeld, ele estava responsável pela adaptação de Desventuras em Série para os cinemas, como diretor, mas decidiu abandonar o projeto por problemas orçamentários.
  • Malina Wissman, atriz que dá vida a Violet, e Louis Hynes, o Klaus na série, já haviam lido os livros quando eram mais jovens. Além disso, ambos disseram terem se identificado muito com os personagens para qual foram escalados. Nessa época, eles nem sonhavam que estariam no elenco de um seriado inspirado nos livros.

  • A Nickelondeon comprou os direitos da obra para criar um filme ainda no ano de 2000. No entanto, como na época a Warner estava trabalhando na produção de Harry Potter e a Pedra Filosofal, que tinha o mesmo público alvo, a produtora decidiu adiar o projeto.
  • O ator Liam Aikne, que dá vida a Klaus no longa-metragem, tinha 13 anos na época e cresceu 11 cm durante as filmagens, isso fez com que seu figurino precisasse ser, regularmente, reajustado. É perceptível a mudança de tamanho dele do começo para o final do filme.
  • O carro que aparece no trailer é um modelo Tatra 603, fabricado na, já finada, Tchecoslováquia e usado como limusine pelo Partido Comunista da região.
  • A maquiagem de Jim Carrey, no filme, levava três horas para ficar pronta. Valeu a pena, pois o longa ganhou o Oscar de Melhor Maquiagem.
  • Em comparação, a série original da Netflix, canal de streaming, é bem mais fiel ao livro do que o filme lançado no ano de 2004.

Gostou de saber um pouco mais sobre Desventuras em Série? Deixe um comentário!

Júlia Campos

Oficialmente, estudante de design e técnica de informática. Nas horas vagas, ilustradora, modelo e escritora. Sou apaixonada por jogos, gamedesign e cultura oriental no geral, as vezes até pareço ser uma Geek assumida. Fã da autora Maggie Stiefvater e amante de séries de suspense, mistério e terror (as vezes arriscando um romancezinho).