A Maldição da Residência Hill: Os momentos mais assustadores para o elenco

Depois do sucesso que foi o lançamento da nova série de terror da Netflix, A Maldição da Residência Hill, muitas informações surgiram. Se você ainda não viu o programa e está interessado, sinto-lhe dizer, mas essa matéria conterá spoilers. É isso mesmo que você leu no título, o elenco da produção revelou quais foram as cenas mais assustadoras na opinião deles. Talvez algumas delas nem sejam assim tão assustadoras, mas são, no mínimo, perturbadores.

A história da família Crain está realmente dando o que falar. Muitos espectadores tem relatado ter crises de ansiedade, insônia e, até mesmo, náuseas depois de maratonarem a série. No entanto, diferente do que aconteceu com 13 Reasons Why, outro original Netflix, dessa vez o público está amando as reações corporais que estão sentindo, alegando que apenas um verdadeiro terror provocaria tais comportamentos. Estou falando isso apenas para que entendam que, se o público ficou assim, imagine os atores e a equipe de produção. Mas vamos parar de falar besteiras e ir logo ao verdadeiro assunto!

Henry Thomas, que interpreta Hugh no passado, alegou que, para ele, o momento mais tenso foi no episódio em que é revelada a maneira em que Nell morreu: “O episódio da ‘Moça do Pescoço Torto’ pra mim foi tipo, uau! Porque eu meio que tinha visto… Eu pensei, bem, é isso que…? Mas a revelação foi bem visceral. Tipo, meu Deus, imagina só!”

Oliver Jackson-Cohen atua como Luke crescido em A Maldição da Residência Hill, e, para ele, não foi apenas uma cena, foi o contexto inteiro que só fez sentido nos últimos episódios: “Toda a revelação da Sala Vermelha. Aquilo me deu calafrios”.

Kate Siegel, a Theo do presente, também ficou mexida com o final de A Maldição da Residência Hill: “Há coisas que acontecem no Quarto Vermelho no Episódio 10, que Nell diz que me fizeram chorar em cada tomada. Quando eu li, eu chorei. Eu fiquei aterrorizada e senti resolvida, e parecia necessário, mas também cruel, e eu fiquei tão impressionada e grata por trabalhar em algo que casou o drama de família com o gênero do terror tão completamente. Eu acho que o 10 foi um episódio perfeito pra isso”.

Finalmente, para Victoria Pedretti, interprete que dá vida a Nell adulta, o momento mais apavorante está nos últimos minutos do episódio final: “Eu realmente sinto que foi quando Hugh estava voltando para casa.[no passado], Estou pensando sobre isso agora, e é muito assustador. ‘Eu posso consertar isso!’, literalmente tentando juntar os pedaços da cabeça de Olivia de volta”

E para você? Qual foi o momento mais aterrorizante, marcante ou perturbador da série? Deixe sua opinião logo abaixo!

Júlia Campos

Oficialmente, estudante de design e técnica de informática. Nas horas vagas, ilustradora, modelo e escritora. Sou apaixonada por jogos, gamedesign e cultura oriental no geral, as vezes até pareço ser uma Geek assumida. Fã da autora Maggie Stiefvater e amante de séries de suspense, mistério e terror (as vezes arriscando um romancezinho).