Scooby-Doo: Conheça as melhores curiosidades da turma

Criado por Joe Ruby e Ken Spears, Scooby-Doo é, até os dias de hoje, uma das séries animadas mais famosas que já existiram. A produção do programa ficou nas mãos de ninguém mais, ninguém menos, que Hanna Barbera, criador de vários outros desenhos de sucesso, como Tom e Jerry e Os Flintstones. O primeiro episódio do programa foi ao ar em 13 de setembro de 1969 e, até 2015, já estava com 27 temporadas e quase 500 episódios. Muitas e muitas versões da turma do mistério foram feitas, muitos prêmios conquistados e muito reconhecimento esteve envolvido. Você foi uma das pessoas que passou sua infância sonhando em estar na Máquina de Mistério? O sucesso da franquia é tamanho que veículos personalizados são criados até hoje, tendo como base o famosa van comprada por Fred. Mas, deixando de enrolação, vamos ao que interessa: as melhores curiosidades de Scooby-Doo!

As Melhores Curiosidades de Scooby-Doo

  • A série foi pensada para ser uma alternativa não violenta para entretenimento infantil, uma vez que tal conteúdo era muito popular no final dos anos 60. E uma coisa que mudou bastante da primeira versão do desenho para a última foi que, no começo, a turma de Scooby não era de detetives adolescentes fascinados pelo sobrenatural e sim integrantes de uma banda (Mysteries Five). Eles só iriam atrás de desvendar mistérios entre uma apresentação e outra. Ah, e vale lembrar que Scooby tocava tambores e os personagens se chamavam Too Much, Geoff, Mike, Kelly e Linda.
  • O nome completo do cachorro detetive mais amado do mundo é Scoobert Cornelius Doo. você sabia disso? Scooby é apenas seu apelido. Mas, na realidade, o nome do personagem deveria ser Too Much, que, em tradução livre, pode ser entendido como “Demais”. O que fez os produtores mudarem de ideia foi uma música do Frank Sinatra em que ele canta “doo-be-doo-be-doo…” E não só isso, ele não foi idealizado como um dogue alemão e sim como um sheepdog. A equipe só mudou a raça de Scooby por medo dele ficar parecido com um outro cachorro popular na época, Hot Dog, das tirinhas de Archie e seus amigos.

  • E não é só isso, Scooby tem dois irmãos gêmeos idênticos! Vamos combinar que não é estranho que haja, pelo menos, mais de dois filhotes em uma ninhada de cachorrinhos, assim também acontece com o amado protagonista. Seus irmãos são Skippy-Doo e Dooby-Doo.
  • Obviamente, Salsicha não é o nome verdadeiro do melhor amigo de Scooby. No idioma original, ele é batizado como Shaggy Rogers.
  • E por falar nessa dupla inseparável, Salsicha e Scooby, eles são os únicos personagens que aparecem em todos os episódios já produzidos em todas a séries! Que responsabilidade, hein? Durante uma época, o protagonismo dos personagens era tamanho que os outros três companheiros foram simplesmente tirados da série temporariamente.
  • A aparência dos personagens foi inspirada no show de TV dos anos 40 e 50 chamado The Many Loves Of Dobie Gillis.

  • Ao todo, foram mais de 10 séries produzidas com os nossos amados personagens. A mais popular foi transmitida, originalmente, entre os anos de 1969 e 1970 e é “Scooby-Doo, Cadê Você?” Outra que também não fica pra trás é “O Que Há de Novo, Scooby-Doo?”, que é mais recente, tendo sua transmissão original entre os anos de 2002 e 2006. Outra curiosidade que vale a pena ser citada é que o nome original da primeira série algo como “W-Who’s Scared?” (em português, seria algo como “Q-Quem Está Com Medo?” O motivo da mudança foi porque os produtores acharam que as crianças poderiam se assustar com o nome.
  • A participação de Salsicha em um comercial do Burguer King fez o dublador do personagem pedi demissão. Sim, você não leu errado. E não, não é porque ele preferia o Mc, mas porque, para ele, o personagem deveria ser vegetariano.
  • Dafne e Fred não sumiam sempre juntos porque queriam ficar sozinhos, na realidade, eles eram os personagens com quem os roteiristas tinham menos empatia. Basicamente, focar em Salsicha, Velma e Scooby era muito melhor do que em Dafne e Fred.

  • Nos quadrinhos, quem tem os direitos de Scooby-Doo é a DC Comics, lar de vários super-heróis que nem preciso citar aqui. E por falar nos heróis, os personagens já fizeram crossovers com vários deles.
  • Com os anos, muitos outros personagens surgiram na história, um dos que ficou mais conhecido foi Scooby-Loo, o sobrinho de Scooby. Ele apareceu na década de 70, mas não durou muito, já que ele foi considerado um péssimo exemplo para as crianças. “Scooby-Loo é um péssimo exemplo para as crianças. Ele é rebelde e independente. Não trabalha com o restante da equipe e mesmo assim consegue resolver os mistérios. Você realmente quer que o personagem seja um exemplo para as crianças copiarem?” Mark Evanier, a roteirista, respondeu essa crítica de uma forma bastante direta: “Scooby-Loo fez exatamente o que deveria fazer: Renovou Scooby-Doo por mais uma temporada.”

  • Em 2013, a revista TV Guide classificou Scooby-Doo como o quinto melhor desenho animado já produzido em todos os tempos. Pouco antes, em 2004, o 350º episódio do desenho se bateu o recorde de série animada de comédia com mais episódios já produzidos. O feito apareceu na edição do Guinness Book lançada em 2006. Atrás da turma do mistério estavam Os Simpsons e Tom e Jerry.
  • Uma curiosidade extra: Você se lembra que Fred costumava dizer que a Máquina de Mistério precisava está sempre pronta para uma fuga rápida? Pois então, em 2016, uma mulher levou essa frase muito a sério e começou uma perseguição policial pelas ruas com uma van personalizada, idêntica a do desenho. Sharon Kay Turman, que estava sendo procurada por violar os termos de liberdade condicional, foi presa depois de algumas horas e o veículo foi apreendido. Me desculpem, mas imaginem essa cena na frente de vocês, não tem como não rir.

E então? Gostou de saber um pouco mais sobre a turma do Scooby-Doo? Deixe sua opinião logo abaixo!

Júlia Campos

Oficialmente, estudante de design e técnica de informática. Nas horas vagas, ilustradora, modelo e escritora. Sou apaixonada por jogos, gamedesign e cultura oriental no geral, as vezes até pareço ser uma Geek assumida. Fã da autora Maggie Stiefvater e amante de séries de suspense, mistério e terror (as vezes arriscando um romancezinho).