Doctor Who: As Melhores Curiosidades

Já assistiu Doctor Who? Tanto os episódios da década de 60, 70 e 80 quanto os que começaram a ser exibidos em 2005? Ver o programa na intriga nos dias de hoje é um verdadeiro desafio, mas que alegra vários fãs. Que o seriado é um verdadeiro sucesso, ninguém dúvida, mas existem várias outras curiosidades que podemos conhecer nesse imenso universo. Se você caiu aqui de paraquedas e não sabe o que é Doctor Who, fique calmo, muita coisa pode ser explicada a seguir, no entanto, caso você não goste de spoilers, é melhor se controlar. Mas também não precisa se preocupar demais, não há muita coisa na listagem abaixo.

Em resumo, Doctor Who é uma série que fala sobre as aventuras de um ser extraterrestre que viaja pelo espaço-tempo com seus companheiros. A série começou a ser transmitida pela BBC no ano de 1963 e seguiu firme e forte ate 89. Infelizmente, houve um hiatus de mais de quase 15 anos, que só trouxe o amado programa de volta no ano de 2005.  São 37 temporadas até o momento, com mais de 840 episódios e quase 300 histórias. Mas vamos deixar de enrolação e ir ao que interessa!

As Melhores Curiosidades de Doctor Who

  • A ideia inicial do seriado era que ele fosse um programa educacional para o público infanto-juvenil. A viagem no tempo seria apenas uma desculpa para chamar a atenção dos jovens para fatos históricos e científicos. No entanto, com o passar o tempo, a história caiu no gosto popular e uma enorme mitologia nasceu de Doctor Who. Sendo assim, o programa se tornou cada vez mais um Sci-fi.
  • Por falar nisso, você sabe como a ideia da regeneração foi criada? William Hartner, o Primeiro Doutor, já estava com seus 60 anos quando a quarta temporada foi ao ar. Problemas de saúde, causados pela avançada idade passaram a atingir o interprete que precisou abandonar o show. Para evitar que tudo acabasse de uma vez por conta da saída de seu protagonista, os roteiristas desenvolveram a ideia da regeneração: Quando um Doutor está próximo da morte, ele se regenera em outro corpo.
  • A série que se iniciou na década de 60 ganhou o apelido de “Classic Who” pelos fãs.

  • Dos 253 episódios produzidos na décadas de 70, 106 foram apagados permanentemente dos arquivos da BBC. Isso aconteceu pois a emissora não acreditava que o material fosse ter alguma importância no futuro, o que se provou errado depois que os fãs ficaram sabendo da barbaridade que o canal havia cometido. Atualmente, há uma luta constante para se recuperar os episódios perdidos, e, muito aos poucos, as coisas parecem estar se arrumando.
  • A série que começou a ser lançada em 2005 é uma continuação direta da que foi transmitida entre os anos de 1963 e 1989. No entanto, foi-se decidido que, em vez de chamar a primeira temporada de 2005 de temporada 27, seria interessante resetar os números e chama-la de temporada 1.
  • Originalmente, a T.A.R.D.I.S. (Time And Relative Dimesions In Space) poderia tomar qualquer forma quando se materializa em nosso mundo. Porem, como seria um alto custo sempre criar uma forma nova para ela, ficou-se decidido que a nave teria a aparência de uma Cabine Telefônica Policial enquanto estivesse na terra.
  • Certa vez, Russel T. Davies disse que a Guerra do Tempo começou por conta de eventos que aconteceram no arco Genesis of the Faleks, do Quarto Doutor.

  • Que Davi Tennant é o décimo primeiro Doutor, todos nós sabemos. No entanto, o que muita gente não sabe, é que ele escreveu um artigo para sua escola quando tinha 13 anos, intitulado “Intergalactic Overdose”, onde ele dizia que, algum dia, iria ser o Doctor na série. A proposito, ele conheceu sua mulher, Georgia Moffet, nos sets de filmagem. Ela interpretou a filha do Doutor na terceira temporada (da nova versão).
  • Existe uma diferença no estilo de câmera entre a primeira série de Doctor Who e a segunda. Na primeira existiam várias câmeras fazendo o trabalho de gravações em estúdio, já, na versão que começou a ser produzida em 2005, apenas uma câmera é utilizada.
  • Tom Baker, o Quarto Doutor, foi quem mais apareceu na série de 63. No total, ele se mostra em 173 episódios.

  • A série quase ganhou um spin-off em 2006. Ele se chamaria Rose Tyler: Earth Defence, mas foi cancelado durante a pré-produção, isso porque Russel percebeu que, fazer tal coisa, iria diminuir o significado da despedida do Doutor e de Rose, no fim da segunda temporada.
  • Considerada a série de ficção cientifica mais longa já produzida. Esse título foi dado a Doctor Who pelo Guiness Records.
  • Douglas Adam, o escritor da popular série de livros O Guia do Mochileiro das Galáxias, escreveu três episódios para a versão clássica do programa, dos quais dois foram ao ar e, até hoje, são considerados alguns dos melhores do arco.
  • Por último, a produção venceu o National Television Award por cinco anos consecutivos!

Já assistiu Doctor Who? O que achou de saber um pouco mais sobre a série?

Júlia Campos

Oficialmente, estudante de design e técnica de informática. Nas horas vagas, ilustradora, modelo e escritora. Sou apaixonada por jogos, gamedesign e cultura oriental no geral, as vezes até pareço ser uma Geek assumida. Fã da autora Maggie Stiefvater e amante de séries de suspense, mistério e terror (as vezes arriscando um romancezinho).