Todo Mundo Odeia o Chris: As Melhores Curiosidades

Todo Mundo Odeia o Chris é um dos seriados de maior sucesso dos Estados Unidos que alcançou um público significativo em outros lugares do mundo, sobretudo no Brasil, onde a Rede Record reprisou os 88 episódios da série exaustivamente (e, mesmo assim, nunca perdia a graça). A série foi, originalmente, exibida entre os anos de 2005 e 2009, inicialmente pela UPN e, logo depois, pela The CW. Rendeu quatro temporadas, cuja história se passa entre os anos de 1982 e 1987, com cada episódio tendo cerca de 22 minutos.

Atualmente, a emissora brasileira que possuí os direitos de exibição da série é o canal Comedy Central, que começará a exibir os episódios a partir de hoje (8 de outubro), as 21 horas. Sendo assim, decidimos relembrar um pouco mais sobre esse incrível programa, relatando algumas das maiores curiosidades de Todo Mundo Odeia o Chris.

As Melhores Curiosidades de Todo Mundo Odeia o Chris

  • O nome da série foi baseado em um outro seriado chamado “Everybody Loves Raymond” (Todo Mundo Ama o Raymond). Em entrevista, O comediante Chris Rock revelou que, se todo mundo amava o Raymond, todo mundo odiava o Chris. Nome perfeito, não?
  • A história se passa entre 1982 e 1987, mas, na realidade, a adolescência do humorista aconteceu entre 1978 e 1984. O motivo da mudança temporal foi porque, na época em que foi lançada, havia outra série que se passava nos anos 70, That 70s Show.
  • Na vida real, Rock tem seis irmãos e uma irmã: Andrew Rock, Matthaus Rock, Andy Rock, Jordan Rock, Brian Rock e Charles Rock. A personagem Tonia nasceu inspirada em seu irmão Tony, que também é humorista. A proposito, Tony deu vida ao tio Ryan na série! Já Drew veio de Andrew!

  • Quem não se lembra de todos os acontecimentos que aconteciam no bairro de Bed-Stuy? Mas você sabia que esse nome é uma abreviação de Bedford-Stuveysant, o nome completo de um bairro que fica no Brooklyn, em Nova York?
  • O menino branco que se torna o melhor amigo de Chris no colégio e vive em um bairro porto tiquinho foi inspirado em David Moskowitz, colega de Rock no colégio. A proposito, Greg é descendente de italianos e suecos na série, anda de Porto Rico.
  • O nome real da mãe de Chris é Rosalie e não Rochelle. E, diferente do que vemos na série, ela não largava seus empregos a torta e a direita porque “meu marido tem dois empregos” e sim era professora e assistente social. Quem iria imaginar, né?

  • E o nome completo de Julius é Christopher Julius Rock II, que, por falar nisso, é o mesmo nome de Chris, mudando apenas o II que se transforma em III no final.
  • E o verdadeiro nome de Perigo é Richard!
  • Quando Tyler James passou na audição para interpretar o protagonista do seriado, Chris Rock não gostou da ideia. Segundo ele, Tyler era “bonito demais para viver uma criança que seria odiada por muita gente na trama”. Foi a equipe de produção que fez Rock mudar de ideia.
  • O nome das duas escolas frequentadas pelo protogonista no seriado são inspiradas no filme “O Poderoso Chefão”, clássico do cinema. Corleone é a família em torno da qual a história de Mario se desenvolve, já Tattaglia é a família rival. Além disso, existe uma cena, non episódio “Todo Mundo Odeia a Semana da Primavera”, onde Chris atropela Greg, que é uma referência direta ao filme.

  • Provavelmente você já sabe, mas não faz mal relembrar. Chris Rock, além de ser produtor executivo e narrador da versão original, também atuou como o orientador vocacional na terceira temporada.
  • Houveram vários motivos para a série ser cancelada, mas, um deles, foi o fato do período em que a quarta temporada termina coincidir com a época em que o pai do humorista morreu. É importante ressaltar que ele não morreu no momento em que a série termina, como muitos pensam, mas sim em 1988. Se considerarmos que a série deveria ter chegado ao fim em 1984, se seguisse a cronologia original, esse fato aconteceria 4 anos após o resultado do supletivo sair. Chris não se sentiu a vontade para continuar a trabalhar na produção, e esse foi um dos motivos.

O que achou de saber um pouco mais sobre Chris Rock e sua família? Deixe sua opinião nos comentários!

Júlia Campos

Oficialmente, estudante de design e técnica de informática. Nas horas vagas, ilustradora, modelo e escritora. Sou apaixonada por jogos, gamedesign e cultura oriental no geral, as vezes até pareço ser uma Geek assumida. Fã da autora Maggie Stiefvater e amante de séries de suspense, mistério e terror (as vezes arriscando um romancezinho).