Indiana Jones 5: Filme Terá Sala de Roteirista

Indiana Jones 5

Uma grande obra e franquia dos anos 50 que ficou nas mãos de Steven Spielberg foi Indiana Jones. A atuação de Harrison Ford como o professor arqueólogo Indiana ficou para a história do cinema. Cenas icônicas, o uso de teorias e fatos da realidade, fazem dos filmes grandes clássicos. Indiana Jones E O Reino da Caveira de Cristal, porém, não conseguiu ser tão memorável. O filme foi dado como esquecível e desnecessário pela crítica e pelo público. Então, seria meio difícil seguir para novos filmes da franquia. Contudo, Indiana Jones 5 está confirmado e terá sala de roteiristas. Exatamente!

Para quem não conhece o termo ou o conceito de sala de roteiristas, é bem simples. O sistema consiste, basicamente, em um conjunto de roteiristas reunidos em um espaço onde podem dar ideias. Em resumo, uma sala de roteiristas é, nada mais, nada menos, que um “brainstorm” de ideias para uma produção. Contudo, o recurso é mais utilizado em produções de TV e em grandes produções do cinema. Isso quer dizer que está acontecendo um alto investimento para Indiana Jones 5.

O produtor Frank Marshall, ao conversar com o Coming Soon, declarou que o quinto filme de Indiana seguirá esse modelo. “Eu não sei se é uma ‘sala de roteiristas’ do jeito mais clássico do termo, mas estamos recebendo ideias de várias pessoas que confiamos”. Por fim, Marshall afirmou que, de qualquer forma, o texto final será assinado por Jonathan Kasdan, responsável por Solo de 2018.

Não foram divulgados detalhes da trama de Indiana Jones 5. O longa tem previsão de estreia para 2021.

O que você achou da ideia de Indiana Jones 5 utilizar sala de roteiristas? Conhecia o termo ou o conceito? Comenta aí embaixo suas expectativas para o quinto filme da franquia! =D
Lucas Gabriel

Estudante de Tecnologia da Informação, apaixonado por cinema, música e boas histórias de terror e drama! Adora discutir teorias malucas sobre séries ou filmes. Nerd assumido desde pequeno. Fã do Quentin Tarantino (inclusive acredita na teoria de que todos os filmes formam um só), Star Wars, Harry Potter, FRIENDS e filmes, como Laranja Mecânica, Donnie Darko e Nosferatu.