Como Treinar o Seu Dragão: Melhores Curiosidades

No próximo ano, mais especificamente no dia 31 de janeiro, irá estrear nos cinemas o mais novo filme da franquia “Como Treinar o Seu Dragão”! Mas, enquanto não temos novas informações sobre o terceiro longa da série, por que não descobrimos um pouco mais sobre os dois primeiros filmes?

Como Treinar o Seu Dragão foi para as telas do cinema pela primeira vez em 26 de março de 2010 e se tornou, rapidamente, um sucesso de bilheteria! Dirigido por Chris Sanders e Dean DeBlois, o enredo conta a história de Soluço, um jovem viking filho do chefe Stoico. Assim como todos a sua volta, o grande sonho de Soluço era matar um dragão e provar seu valor ao pai, mas ele não imaginava qual seria o animal que apareceria em sua frente. Fúria da Noite é uma criatura que jamais foi vista e o jovem rapaz decide ajudar o dragão a conseguir voltar a voar.

O segundo filme foi um sucesso muito maior que o primeiro, mas vamos deixar esses detalhes para a lista que virá a seguir. Confira agora as melhores curiosidades sobre Como Treinar o Seu Dragão!

As Melhores Curiosidades de Como Treinar o Seu Dragão

  • O filme é baseado nos livros da autora Cressida Cowell, publicados entre 2003 e 2014. How to Train Your Dragon é uma série infanto-juvenis que conta com 13 livros. O enredo base da história original não se difere muito da contata no filme, no entanto alguns detalhes são diferentes: Banguela não é preto e sim verde e vermelho, seu nome também tem outra origem (o dragão tem apenas um dente no começo da história, só ficando completamente banguela depois).
  • Mais uma importante diferença é que na versão de Cowell, Banguela tem um tamanho similar ao de uma iguana. Ou seja, ele não é tão grande assim, mas os produtores decidiram alterar esse detalhe para que Soluço pudesse montar no animal. Essa, assim como todas as outras alterações, foram autorizadas pela escritora.

  • Outro detalhe sobre Banguela é que a sua aparência e personalidade foram inspiradas em vários animais. Entre eles estão gatos, cachorros e cavalos. Além disso, o formato de seu rosto é muito semelhante ao de uma salamandra gigante, o maior anfíbio existente na Terra. E parece que Banguela é realmente uma grande mistura de espécies! Os sons dos dragões para o filme foram criados pela Skywalker Sound e são misturas de barulhos produzidos por vários animais. No caso especifico do Fúria da Noite, seus barulhos são uma combinação dos sons dos elefantes, cavalos, tigres, gatos domésticos e a voz de Randy Thom, o supervisor sonoro da empresa!
  • Os sons que os Terrores Terríveis fazem no filme são baseados no barulho que um Chihuahua lá do Oregon faz! O nome do animalzinho é Paco e ele encantou completamente um dos designers de som da Skywalker Sound. Assim que viu o vídeo, o rapaz entrou em contato com os donos do cachorro e ofereceu 100 dólares pelo trabalho de dublagem do animalzinho. O vídeo que deu origem a isso tudo está logo abaixo!

  • Os animadores do filme tiveram que frequentar aulas em uma escola de aviação para entender melhor a física de voar. Isso é uma prática mais comum do que se imagina, para ajudar na realidade das cenas, muitos estúdios levam seus animadores para vivenciarem coisas similares ao que pode acontecer durante o enredo.
  • A cena em que Banguela se incomoda com seu novo rabo foi feita com a ajuda do gato do animador! Pois é, um dos animadores responsáveis pelo dragão não sabia exatamente como animar esse momento no filme, logo ele decidiu prender uma fita adesiva no rabo de seu gato de estimação e gravou tudo com um celular. Ele usou a base de movimentos de seu gato para criar a animação de Banguela e o resultado ficou exatamente como ele queria.

Você está ansioso para o terceiro filme? Conte-nos o que achou de saber um pouco mais sobre a trama!

Júlia Campos

Oficialmente, estudante de design e técnica de informática. Nas horas vagas, ilustradora, modelo e escritora. Sou apaixonada por jogos, gamedesign e cultura oriental no geral, as vezes até pareço ser uma Geek assumida. Fã da autora Maggie Stiefvater e amante de séries de suspense, mistério e terror (as vezes arriscando um romancezinho).