Quão Reais São Filmes Baseados Em Fatos Reais?

Que filmes baseados em fatos reais raramente são 100% fiéis, todos sabemos. Mas, não seria interessante se a gente tivesse como medir quão fiéis cada filme foi? Pois bem, um site chamado Information Is Beautiful criou um infográfico que mostra definitivamente que filmes baseados em fatos reais, não são tão fiéis assim. Vale ressaltar que alguns deles, inclusive, baseiam-se mais na necessidade de drama do que na realidade. 19 filmes da categoria foram analisados e comparados com a vida real. No final, gráficos e porcentagens para cada filme foram dadas e vamos discutir um pouco sobre algumas.

O Mais Fiel

Já de cara podemos dizer que o filme que mais foi honesto com o público foi Selma de 2015. O filme conta a história de quando Martin Luther King Jr. fez a marcha de Selma até Montgomery em nome dos diretos de votos para afrodescendentes. O longa possui 100% de fidelidade à realidade e isso é incrível se comparado aos outros filmes avaliados. Aliás, isso nos mostra que uma história não precisa ser alterada para agradar o público porque Selma foi aclamado pela crítica e público quando lançado.

O Menos Honesto

O aclamado filme protagonizado por Benedict Cumberbatch, O Jogo da Imitação, foi o menos fiel. Isso porque apenas 41,4% do filme aconteceu de verdade. O longa conta a história de como Alan Turing criou sua máquina para a II Guerra Mundial. Mas a voz do roteirista falou mais alto do que a realidade e acontecimentos nunca ocorridos foram adicionados à trama. Dentre eles, reuniões e erros matemáticos envolvendo Turing.

É claro que recomendo que acesse os gráficos no site oficial, pois eles são interativos e mostram as diferenças entre como o filme contou e como é a realidade. Muito legal mesmo! Os filmes analisados foram: Rush – No Limite da Emoção; Lion – Uma Jornada Para Casa; Estrelas Além do Tempo; Até O Último Homem; A Grande Aposta; Spotlight; Ponte dos Espiões; Selma; Sniper Americano; O Jogo da Imitação; Clube de Compras Dallas; O Lobo de Wall Street; 12 Anos de Escravidão; Philomena; Capitão Phillips; A Rede Social e O Discurso do Rei. Então, confira:

Quanto mais azuis as cores, mais fiéis as cenas foram, enquanto os tons de rosa indicam que as coisas não aconteceram, mas é um modo de ver o que realmente se passou. Já o que estiver em vermelho se trata de informação falsa.

O que você achou dos gráficos? Ficou surpreso? Comenta aí embaixo suas impressões! =D
Lucas Gabriel

Estudante de Tecnologia da Informação, apaixonado por cinema, música e boas histórias de terror e drama! Adora discutir teorias malucas sobre séries ou filmes. Nerd assumido desde pequeno. Fã do Quentin Tarantino (inclusive acredita na teoria de que todos os filmes formam um só), Star Wars, Harry Potter, FRIENDS e filmes, como Laranja Mecânica, Donnie Darko e Nosferatu.