Jane the Virgin: As Melhores Curiosidades

A cerca de um mês, a terceira temporada da tão amada série Jane the Virgin finalmente chegou ao canal de streaming Netflix, e não é a toa que tantas pessoas voltaram a falar da obra. A séria se encontra como uma das mais comentadas das últimas semanas e trouxe algumas novidades interessantes para quem não pode acompanhar a trama por outros meios.

A série baseada na novela venezuelana Juana la virgen foi ao ar pela primeira vez em 13 de outubro de 2014 e, atualmente, conta com 4 temporadas e mais e 80 episódios. O enredo narra a história de Jane, uma jovem que desde pequena viveu em uma família conservadora e foi ensinada que mulheres deveriam proteger sua virgindade a qualquer custo! Mas uma série de acontecimentos surpreendentes acabam fazendo com que Jane, acidentalmente, acabe realizando uma inseminação artificial.

Transmitida pelo canal The CW, podemos dizer que a comédia romântica deixou sua marca registrada na emissora, sendo um sucesso de audiência e críticas. Mas, sem muito mais enrolação, vamos ao que importa!

As Melhores Curiosidades de Jane the Virgin

  • Embora seja inspirada na novela Juana la Virgen, a personalidade das personagens principais são bem destoantes. Em sua obra de origem, Juana é uma garota rebelde e isso acaba fazendo com que muitos não acreditem que ela não tenha tido relações sexuais.
  • Como acontece em muitos casos, a série não é gravada exatamente onde seu enredo se passa. Enquanto a história conta sobre uma vida em Miami, as cenas são gravadas um pouquinho longe. Sendo mais especifica, em Manhattan Beach, na Califórnia.

  • A história de Jane foi a primeira série do canal The CW a receber uma indicação ao Globo de Ouro, um dos maiores prêmios dos Estados Unidos, atribuído pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood. Inclusive, Gina Rodriguez, atriz que dá vida a Jane, foi indicada três vezes ao prêmio como Melhor Atriz em uma série de comédia. Ela levou um dos prêmios, no ano de 2015.
  • E por falar em Gina, ela teve que recusar um papel na já cancelada série Devious Maids para poder trabalhar em Jane the Virgen. Segundo a atriz, ela não queria que seu nome fosse vinculado a finada série do Lifetime: “Eu não me conectei com Devious Maids, Eu não queria que fosse a minha revelação.” Rodriguez diz que não se arrepende nem um pouco, para ela, Jane the Virgen foi a série perfeita. “Eu não mudaria nada porque foi feita para eu fazer. Essa tinha que ser a minha jornada. Se durará apenas um ou dez anos, eu vou dar uma chance, pois essas são as histórias que eu quero contar.” Disse em entrevista.

  • Entre os artistas do cenário musical que participaram da série, podemos citar Bruno Mars, Britney Spears, Kesha e Charo!
  • Pouco depois de começar as filmagens como Jane, Gina ficou muito doente e teve que fazer uma bateria de exames. Aos 19 anos ela havia sido diagnosticada com hipotireoidismo, mas depois dessa recaída ela descobriu ser, também, portadora de uma doença chamada Hashimoto. A Tireoidite de Hashimoto é uma das principais causas do hipotireoidismo primário por se tratar de uma doença auto-imune.

Já assistiu Jane the Virgin? E a nova temporada na Netflix? Corre que tem muita coisa que vai te surpreender! Ah, mas antes, deixe sua opinião nos comentários abaixo.

Júlia Campos

Oficialmente, estudante de design e técnica de informática. Nas horas vagas, ilustradora, modelo e escritora. Sou apaixonada por jogos, gamedesign e cultura oriental no geral, as vezes até pareço ser uma Geek assumida. Fã da autora Maggie Stiefvater e amante de séries de suspense, mistério e terror (as vezes arriscando um romancezinho).