As Melhores Curiosidades Sobre Narcos

Você já ouviu falar em Pablo Escobar? Provavelmente sim. A história do maior traficante de drogas da Colômbia foi contada na série Narcos, produzida pelo canal online Netflix. Esse é um daqueles velhos casos em que a ficção tenta imitar a realidade e acaba fazendo sucesso. Em seu país, Colômbia, Pablo Escobar é, muitas vezes, tratado como um herói, no entanto, durante a trama, vemos que seus atos não são lá muito heroicos.

A primeira temporada do seriado se passa no final da década de 70, onde Pablo, interpretado por Wagner Moura, já não é apenas um pequeno traficante. Seu império de drogas cresce cada vez mais a cada dia e sua cabeça começa a ser mais e mais caçada por todo o mundo, mas não estou aqui para falar da história da série em si e sim de algumas curiosidades de sua criação.

As Melhores Curiosidades Sobre Narcos

  • Steve Murphy realmente existiu e foi um policial que lutou contra Pablo. Inclusive, o que muitos não sabem é que o protagonista da história é Steve e não o rei do tráfico colombiano. Murphy é interpretado por Boyd Holbrook na série da Netflix e sua função na história é mostrar a todos o ponto de vista da organização norte-americana DEA (Drug Enforcement Administration) de combate ao narcotráfico em todo o continente.
  • Embora o brasileiro José Padilha tenha participado da direção dos primeiros episódios da série, não, ela não é um seriado brasileiro. E não, também não é uma série colombiana. O verdadeiro criador do enredo se chama Chris Brancato (roteirista de Hannibal) que em conjunto com Adan Fierro (criador de The Walking Dead) acabou criando a história de uma das séries de maior sucesso da Netflix.

  • Mas mesmo que o roteiro seja gringo, o tema de abertura é brasileiro sim! A canção “Tuyo” foi escrita pelo compositor brasileiro Pedro Bromfman e é ouvida por Pablo enquanto ele está em um bar. Nessa cena, Escobar fala “Adoro essa música! Rodrigo, mais uma vez!” Essa é uma referencia ao ex-Los Hermanos Rodrigo Amarante, interprete da obra. Ouça logo abaixo a música!

  • A jornalista Valeria Valez é inspirada em uma mulher real chamada Virginia Vallejo, profissional bastante conhecida e popular na Colômbia. A alteração no nome de Virginia causou certa polêmica em seu país de origem. Os produtores até pensaram em colocar o nome de Vallejo no roteiro, mas o problema é que Virginia foi amante de Pablo e foi um ponto muito importante para a ascensão do traficante.
  • Existem muitas críticas ao sistema norte-americano, mas isso acontece principalmente pois Narcos se passa entre as décadas de 70 e 80. A questão é, por que as críticas? Bom, todos sabemos que a América Latina é vista com maus olhos pelos norte-americanos. Um exemplo que podemos citar é o fato de que eles foram responsáveis por um dos piores momentos históricos do Brasil (e muitos outros lugares pelo globo), a ditadura. A forma como a série mostra o sistema imperialista dos EUA acaba agradando os espectadores fora de seu país de origem.

Conhece mais alguma curiosidade sobre Narcos? Hoje separamos apenas as melhores da criação da trama, mas num enredo tão rico de fatos históricos é claro que existem várias outras coisas interessantes a serem contadas.

Júlia Campos

Oficialmente, estudante de design e técnica de informática. Nas horas vagas, ilustradora, modelo e escritora. Sou apaixonada por jogos, gamedesign e cultura oriental no geral, as vezes até pareço ser uma Geek assumida. Fã da autora Maggie Stiefvater e amante de séries de suspense, mistério e terror (as vezes arriscando um romancezinho).