CEO Ted Sarandos conta como funciona o cancelamento de uma série Original Netflix

Com o lançamento recente do filme de encerramento da Série Original Netflix Sense8, novamente vem a nossa mente a dúvida: Por que a Netflix está cancelando suas séries originais antes de finaliza-las da forma que merecem? Esta atitude deixa os fãs muito tristes e decepcionados com o serviço que acaba, assim, deixando os enredos pelos quais nos apaixonamos sem um fim digno. Com Sense8, ao menos fomos ouvidos e ganhamos um filme especial, porém certamente isso não acontecerá com todas as produções.

Na tentativa de deixar os assinantes menos frustrados, o CEO da Netflix Ted Sarandos disse que para decidir quais séries deverão ser canceladas o serviço leva em consideração o nível de desistência do usuário. Ou seja, se você começa a assistir alguma série e logo desiste, sem chegar ao season finale, é sinal de que o conteúdo é desinteressante. Se o conteúdo é desinteressante, o serviço de streaming acaba perdendo o interesse em investir para produzi-lo.

Ainda segundo Sarandos, os primeiros 28 dias após a entrada da produção no catálogo são os decisivos, pois permitem que os analistas da Netflix compreendam como funcionará o processo dos assinantes ao assisti-la. Há pouco mais de um ano o também CEO Reed Hastings também comentou a situação em uma entrevista para CNBC onde disse: “A taxa de acerto é alta, sendo canceladas poucas séries. Sempre digo ao time de conteúdo que precisamos arriscar mais, tentar produzir mais coisas malucas. Porque a taxa média de cancelamento deveria ser mais alta”.

Dos cancelamentos que já ocorreram, qual deixou você mais furioso? Comente!

Amanda Canabarro

Sempre adorei ler e escrever desde pequena, tendo toda a franquia do Harry Potter em meu currículo antes dos 14 anos. Hoje, estudo Relações Públicas, escrevo, tenho uma empresa, um canal no YouTube de mistérios e sou viciada em filmes e séries, o que acaba complicando as funções anteriores... :D