Halloween e a sua icônica linha do tempo

Quarenta anos atrás, conhecemos Michael Myers, um icônico assassino imortal com predileção por familiares, facas e o dia 31 de outubro. Desde que John Carpenter decidiu vestir um demônio vingativo com um molde do rosto de William Shatner, vimos sua história evoluir, se modificar e começar de novo e de novo. Que tal nos aprofundarmos no terror protagonizado por Myers enquanto o novo filme da franquia não chega nas telonas?

Halloween – A Noite do Terror (1978)

Em 1963, Michael Myers era um garoto de apenas 6 anos que curtia a noite de Halloween disfarçado de palhaço e resolve apunhalar sua irmã e seu namorado só para se divertir. Quinze anos depois, Myers escapa do asilo onde foi internado e retorna a Haddonfield, sua cidade natal, para celebrar o festival assassinando uma série de pessoas. Seu psiquiatra, doutor Loomis, e Laurie Strode, uma jovem da cidade, vão ao encontro do serial killer para tentar para-lo.

Halloween II – O Pesadelo Continua (1981)

Laurie Strode, sobrevivente do primeiro filme, é internada em um hospital após os eventos macabros que vivenciou. Lá descobrimos com base em flashbacks, e na pesquisa do Dr. Loomis, que Laurie é a irmã mais nova de Myers. As mortes acontecem no centro de saúde onde o monstro chegou, o que é retardado graças ao contra-ataque dos dois protagonistas.

Halloween III – A Noite das Bruxas (1982)

Em uma estranha reviravolta nos acontecimentos, essa terceira parte desviou-se da história contada até agora quando tentamos transformar a marca “Halloween” em uma coleção de histórias de horror de todos os tipos. Seu enredo se concentra em uma complicada conspiração em que três máscaras da companhia Silver Shamrock, e seu ostensivo anúncio televisivo, podem desencadear o terror.

Halloween IV – O Retorno de Michael Myers (1988)

Myers está em coma há 10 anos, mas quando ouve médicos falando sobre a filha de sua irmã, ele acorda e foge para encontrar sua sobrinha. O Dr. Loomis tentará impedir o assassino novamente, enquanto Rachel, a irmã mais velha da irmã adotiva, tentará sobreviver ao inferno. No final, com Myers supostamente abatido, um novo assassino herdará o papel demoníaco.

Halloween 5 – A Vingança de Michael Myers (1989)

O assassino mascarado sai do poço onde foi derrotado e chega à cabana de um eremita. Depois de recuperar a força, ele retoma a busca por sua sobrinha, com quem ele tem um link telepático especial. Este poder é usado pelo Dr. Loomis para atrair Michael para a jovem e colocá-lo em uma armadilha. Uma vez capturado, uma estranha figura negra irá interceder para que a criatura possa escapar novamente.

Halloween 6 – A Última Vingança (1995)

Nesta sequência descobrimos os segredos de uma seita satânica que parece ter lidado com Myers durante todos esses anos. Sua sobrinha foi finalmente sequestrada e, depois de dar a luz a um filho, consegue escapar. Michael vai em sua busca e consegue encontrar a mãe, mas não mata a criança. É quando começa um enredo no qual o Dr. Loomis e Tommy aparecem. Juntos, eles conseguirão salvar parte da família Strode e matar Myers. Ou não.

Halloween H20 – Vinte Anos Depois (1998)

Myers rouba a história que um companheiro do Dr. Loomis tinha sobre sua irmã Laurie. A irmã do assassino vive sob o nome de Keri Tate, tentando desesperadamente ter uma vida normal até que, 20 anos após os acontecimentos que destruíram sua vida, retornam. Em um clímax final de aplausos, vivemos a luta que poderia ter coroado a saga.

Halloween – Ressurreição (2002)

O filme começa desconstruindo o anterior, descobrindo que Laurie está em um colégio interno há 4 anos porque o cara que cortou sua garganta não era um paramédico. O assassino chega ao hospital e mata a irmã dele. O resto da trama nos coloca na casa dos Myers, agora convertida em um reality show da internet, onde os protagonistas morrerão nas mãos do legítimo dono.

Halloween – O Início (2007) – Refilmagem do Original

Em pleno andamento dos remakes de terror, Rob Zombie tirou um desses poucos títulos que são dignos de serem relembrados. Com o enredo do original de Carpenter como base, o remake permitiu-nos ver um pouco mais do crescimento do mal dentro do protagonista assassino.

H2: Halloween 2 (2009) – Novo Remake

Quando o corpo supostamente sem vida de Michael é transferido, a ambulância sofre um acidente e o assassino escapa, seguindo uma visão de sua mãe e um cavalo branco. Depois de semear o caos no hospital onde Laurie se recupera de seus ferimentos, ela é despertada ao descobrir que esta última briga foi um sonho. Dois anos se passaram desde os eventos do primeiro filme e ela tenta reconstruir sua vida da melhor maneira possível. Quando Michael retorna, seus amigos morrem um por um até o fim em que tanto ela quanto o assassino estão sendo controlados pelas visões de sua mãe. O Dr. Loomis faz o impossível para fazê-los ver que tudo é parte de sua imaginação.

Ufa! É mesmo muita história para uma franquia só. Bem, agora nos resta esperar a estreia do novo Halloween para continuarmos a nos deliciar com o terror. Cortesia de Michael Myers.