Ilha de Ibiza deseja processar Netflix após o Original Ibiza: Tudo pelo DJ

Todos conhecemos a fama da Ilha de Ibiza por suas festas e paisagens maravilhosas, foi isso que a Netflix tentou demonstrar no filme Ibiza: Tudo pelo DJ. Porém, parece que a comunidade autônoma da Ilha de Ibiza não gostou nada disso.

Segundo o The Hollywood Reporter, a região acredita que a ‘marca’ Ibiza foi muito mal utilizada, principalmente porque o filme foi filado em Barcelona e na Croácia, sem nem passar pelas areias de lá. É muito comum que Hollywood substitua suas locações por opções mais baratas e menos burocráticas, porém o Conselho de Turismo Ibérico disse que aqui a situação é diferente, isto porque houve uma suposta má representação não apenas das paisagens como da cultura, população e até mesmo da música. diversos moradores da Ilha de Ibiza também se pronunciaram, veja os manifestos:

“Eles tentaram filmar o longa aqui e ter a colaboração da ilha, mas o Conselho de Ibiza disse um enérgico não depois de ler o roteiro, pois acreditaram que era terrível para as Relações Públicas da ilha e oposto ao tipo de turismo que estão tentando incentivar, que vai além das boates e festas”, disse Guenolee Roger, morador da ilha desde o nascimento

“Acredito que o que as pessoas estão se pronunciando não só pela má representação física da nossa bela ilha, mas também pelo retrato insultuoso da cultura e pessoas da ilha. [O filme] basicamente mostra uma boate, um pôr-do-sol falso, ruas praticamente vazias e duas pessoas nativas: um taxista que levas as personagens para a casa dele no campo para uma música e um drink, que nem mesmo é o aperitivo tradicional; e um gogoboy seminu”, disse Johanna Carlson, organizadora de eventos.

Pra quem não sabe e/ou não assistiu, o filme roda em torno das três amigas Harper, (Gilian Jacobs), Nikki (Vanessa Bayer) e Leah (Phoebe Robinson) que viajam a negócios até Barcelona. Lá, Harper se apaixona pelo DJ de uma festa e vai atrás dele na Ilha de Ibiza, onde vive uma curta e intensa história de amor. Uma informação interessante é que não é a primeira vez que um país (ou comunidade autônomia como o caso de Ibiza) processa estúdios de Hollywood, inclusive em 2013 o Irã moveu diversos processos acusando xenofobia contra estúdios, o filme Argo de Ben Affleck está incluso nesta lista.

E você, o que acha? Comente!

Participe! Deixe seu comentário logo abaixo...
Amanda Canabarro

Sempre adorei ler e escrever desde pequena, tendo toda a franquia do Harry Potter em meu currículo antes dos 14 anos. Hoje, estudo Relações Públicas, escrevo, tenho uma empresa, um canal no YouTube de mistérios e sou viciada em filmes e séries, o que acaba complicando as funções anteriores... :D