5 documentários de terror que merecem a sua atenção

Sabemos que a realidade muitas vezes ultrapassa a ficção, mas quando isso acontece dentro do gênero do terror, a questão fica bem complicada. Fiz uma rápida pesquisa por alguns títulos que, como documentário, apresentam temas que eu preferiria que tivessem vindo da cabeça criativa de algum roteirista atormentado.

The Nightmare

O documentário de 2015, dirigido por Rodney Ascher, trata do estudo sobre paralisia do sono, focado naqueles que sofrem sonhos aterrorizantes. Estranhos na sala, movimentos inexplicáveis ​​de objetos e, no pior dos casos, contatos físicos em diferentes partes do corpo, são só alguns dos casos que farão com que qualquer um durma com um olho aberto.

Cropsey

Dirigido por Joshua Zeman e Barbara Brancaccio, esse documentário de 2009 aborda a lenda criada pelos habitantes de Staten Island sobre um monstro que sequestrava crianças e que serviu para que os pequenos não brincassem sozinhos na rua. O problema foi que, no início dos anos 80, ele deixou de ser uma lenda.

Killer Legends

Uma lenda não surge do nada, isso é fato. E muitas vezes a lenda não é nada quando comparada aos fatos que levaram a sua criação. Nesse documentário de 2014, o diretor Joshua Zeman investiga as origens macabras de muitas dessas histórias, que são bem menos mitológicas do que gostaríamos.

The Devil and Father Amorth

Esse é bem simples de descrever: Que tal acompanhar um padre que realiza exorcismos? Foi isso que o diretor William Friedkin fez. Friedkin, diretor do ‘Exorcista’, acompanha o padre Gabriele Amorth, exorcista oficial do Vaticano, em uma de suas… missões.

Jesus Camp

Na Dakota do Norte há um acampamento evangélico chamado ‘Kids on Fire’. Lá, jovens de 6 anos de idade, tornam-se soldados do exército de Deus. Nomeado para o Oscar, o documentário nos mostra que “o caminho certo”, pelo menos nesses centros de tortura, envolve rezar até desmaiar e adorar efígies de George Bush.

Você se atreveria a assistir todos eles?