Desenvolveram um algoritmo que prevê as mortes da última temporada de Game of Thrones

Mesmo ainda faltando muito tempo para o grand finale de ‘Game of Thrones’, há muitos fãs da saga que já brincam de adivinhação sobre quem vive e quem morre na oitava e última temporada da série baseada nos livros de George RR Martin. Se a teoria é verdadeira, e com base em nosso conhecimento sobre a série mais aclamada da atualidade, morte e sofrimento deve ter grande presença na temporada que nos espera.

É o que diz um cientista de Boston chamado Taylor Larkin, ao desenvolver um complexo algoritmo  para prever quem irá morrer nos próximos episódios de “Game of Thrones”. O tal algoritmo é baseado em mais de dois mil personagens da saga de “A Song of Ice and Fire” e analisando características como idade, sexo ou proporção de mortalidade em cada casa, se atreve a prever as chances de morte de vários dos personagens principais. O resultado dessa maluquice toda nos apresenta os seguintes dados:

Daenerys Targaryen: 83,77% de chance de morrer;

Jaime Lannister: 72,91% de chance de morrer;

Tyrion Lannister: 70,76% de chance de morrer;

Bran Stark: 66,02% de chance de morrer;

Cersei Lannister: 60,39% de chance de morrer;

Jon Snow: 58,99% de chance de morrer;

Euron Greyjoy: 54,95% de chance de morrer;

Sansa Stark: 50,28% de chance de morrer;

Arya Stark: 49.04% chance de morrer;

Gendry: 39,87% de chance de morrer;

Se o algoritmo estiver correto, o Trono de Ferro acabará nas mãos dos Starks (incluindo Jon Snow). Concorda com essas estatísticas? Será que ele acertou? Comente!